Terça-feira da Segurança Cibernética

Investindo na Corrida pelas Criptomoedas

Diferentes fontes sugerem que cerca de € 8 milhões são perdidos todos os dias por causa de golpes no mundo das criptomoedas. E esses números continuam a crescer. Muitas das vítimas de golpes relacionados a criptomoedas são consideradas inexperientes ou acredita-se que lhes falta discernimento na área. Apesar do fato de as criptomoedas estarem no mercado há quase 10 anos, a questão “bitcoin é fraude?” ainda permanece no ar. A explicação mais simples para isso é que indivíduos têm medo daquilo que não entendem: o crescimento exponencial da tecnologia blockchain, da variedade de novas moedas no mercado, de produtos em que investir e projetos de criptomoedas dos quais fazer parte. Isso se torna o combustível perfeito para a maioria dos golpes e práticas incorretas no setor financeiro.

Para ajudar nossos clientes a não se tornarem vítimas de golpes envolvendo criptomoedas, a SpectroCoin apresenta os alvos mais comuns de fraudes no mundo das criptomoedas.

Truques desonestos com moedas falsas

Mesmo que um grande número de golpes envolvendo criptomoedas tenham sido presenciados, não há motivos para rotular todas moedas digitais como fraudes. Recentemente, uma nova onda de criptomoedas desenvolvidas em redes descentralizadas entraram no mercado como alternativas ao bitcoin e outras moedas populares, como Ether, Dash e Litecoin. É impossível monitorar todos as novas moedas e tokens criados, o que dá aos golpistas uma ótima oportunidade de persuadir pessoas a investirem seu dinheiro em moedas falsas.

Para determinar se uma nova moeda é falsa ou real, nós deveríamos levantar as mesmas questões que perguntamos a nós mesmos para decidir se o bitcoin é confiável ou não. É possível verificar essa moeda no blockchain?

Criptomoedas e tokens são baseados em uma tecnologia de registro distribuído, então operações monetárias como compra, venda e trading podem ser verificadas no blockchain. Se você pode conferir a performance de uma nova moeda no blockchain, ela pode ser considerada legítima.

Qual a liquidez dessa moeda?

Ao tentar determinar a legitimidade de uma nova moeda, você deveria levar a liquidez em conta. Você deve ser capaz de converter seu novo ativo para outra criptomoeda ou moedas fiduciárias com facilidade.

Essa nova moeda é baseada em uma jogada de marketing ou há alguma correlação com a realidade? Qual a função dessa nova moeda?

Novas moedas entrando em um mercado descentralizado deveriam trazer alguma novidade – valor agregado ou novas utilidades que não se encontram no bitcoin ou outras altcoins.

Podem parecer simples passos, mas essas precauções deveriam ser tomadas por todos que pretendem adquirir novas moedas.

Imagem mostrando pesquisa no Google sobre "bitcoin é confiável"

Caso você não seja uma pessoa muito conectada ou esteja entre quem sempre utilize o Google para encontrar respostas às suas perguntas – o bitcoin é confiável ou não, a SpectroCoin te convida a conferir nosso texto sobre “O que é Bitcoin?”.

Tentativas traiçoeiras – aplicativos e links maliciosos

Apesar do fato de que infecções por malware diminuíram 20% recentemente, elas ainda são consideradas os golpes mais comuns envolvendo criptomoedas. Hackers tentam e encontram novas e criativas formas de roubar dinheiro das pessoas. Nós já mencionamos alguns casos no post “Proteja-se contra Fraudes“, mas a prevenção efetiva depende de seu bom senso e em evitar fazer o download de qualquer coisa que você não confie ou não compreenda completamente, não importa o quão tentador possa parecer.

A nova “tendência” criada por golpistas são aplicações maliciosas para criptos. Programas com malware, uma vez instalados, reunirão informações pessoais dos usuários, como credenciais e chave privada, ou alterarão endereços bitcoin para o endereço do hacker. Como a maioria das transações com criptomoedas são irreversíveis, uma vez que elas sejam confirmadas pela rede, será impossível reaver seus fundos.

O desenvolvimento de um aplicativo simples requere básica ou poucas habilidades de programação, sendo uma excelente maneira para que fraudadores ganhem acesso às informações em seu aparelho. A SpectroCoin recomenda extrema cautela com aplicações instaladas em seus aparelhos e que você sempre confira quem são os criadores do aplicativo.

ICOs – um mundo sem regras

Mecanismos de captação de recursos como Ofertas Iniciais de Moedas (ICOs) têm captado bilhões de euros e atraído golpistas que buscam uma única coisa – encher seus bolsos com dinheiro fácil.

Muitos fraudadores confiam em truques de baixa tecnologia como fornecer um endereço falso de carteira para investidores, com esperanças de que ela seja financiada com o dinheiro dos participantes da ICO. Outros vão ainda mais longe e utilizam esquemas de pump & dump para elevar o preço dos tokens de uma ICO e então vender sua parte com lucro. Há também muitos casos em que golpistas recriam ou simulam páginas de ICOs ou utilizam métodos como phishing, engenharia social e imitação para roubar seus fundos.

Não podemos tratar ICO e fraude como iguais.

Apesar de existirem muitas ICOs fraudulentas e ainda mais golpes com criptomoedas que têm como alvo pessoas ingênuas e suas carteiras, não podemos tratar “ICO” e “fraude” como iguais. No entanto, existem sinais a observar antes de se investir em uma nova ICO.

A SpectroCoin sugere que você evite promessas que parecem muito boas para ser verdade – é sempre melhor escolher um projeto que possui um produto para mostrar, não apenas um white paper ou uma ideia; nunca confie cegamente em ofertas, pessoas e mensagens em redes sociais que afirmam ser de representantes oficiais de ICOs; faça a devida diligência e examine se os fatos no white paper são realistas e razoáveis.

Divida conosco sua opinião sobre essas atividades fraudulentas e participe da campanha de prevenção às fraudes da SpectroCoin